Saloá deverá receber R$ 300 mil, Paranatama R$ 240 mil – Confira a possível ajuda de Temer aos municípios

/ 25 fevereiro
Saloá deverá receber R$ 300 mil, Paranatama R$ 240 mil – Confira a possível ajuda de Temer aos municípios

Image result for ajuda aos municípios do governo federal

Aprovado pelo Congresso Nacional na última terça-feira (20), o projeto que abre crédito de R$ 2 bilhões para os Municípios ainda não foi sancionado pelo presidente Michel Temer (MDB). Ele tem até o próximo dia 13 para isso, de acordo com a Casa Civil. Ainda assim, mesmo sancionado, o crédito não tem data para estar disponível na conta das Prefeituras, pois pode ocorrer ao longo de 2018.

Image result for ajuda aos municípios do governo federal“Depois que ele (Temer) sancionar, é indefinido o prazo para pagamento. Pode ser até 31 de dezembro, mas não acredito que o Governo faça isso. Esperamos que ele pague ainda em março”, disse o secretário-geral da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Eduardo Tabosa (PSD). “A previsão é março, mas a gente ainda não tem certeza de nada, pois as coisas mudam muito. Estamos aguardando, mas os Municípios precisam disso com urgência. Os Prefeitos se animam, mas como não há prazo é difícil, muitos de nós nem acreditavam mais nesses recursos”, destacou o Prefeito de Afogados da Ingazeira e presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), José Patriota (PSB).

Pernambuco receberá R$ 98 milhões rateados proporcionalmente à tabela do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Saloá receberá pouco mais de R$ 300 mil enquanto Paranatama ficará com R$ 240 mil. Iati receberá pouco mais de R$ 360 e Terezinha apenas R$ 180 mil. Com informações do blog do Carlos Eugênio.

Clique AQUI e confira quanto seu município irá receber.
Saloá deverá receber R$ 300 mil, Paranatama R$ 240 mil – Confira a possível ajuda de Temer aos municípios

Image result for ajuda aos municípios do governo federal

Aprovado pelo Congresso Nacional na última terça-feira (20), o projeto que abre crédito de R$ 2 bilhões para os Municípios ainda não foi sancionado pelo presidente Michel Temer (MDB). Ele tem até o próximo dia 13 para isso, de acordo com a Casa Civil. Ainda assim, mesmo sancionado, o crédito não tem data para estar disponível na conta das Prefeituras, pois pode ocorrer ao longo de 2018.

Image result for ajuda aos municípios do governo federal“Depois que ele (Temer) sancionar, é indefinido o prazo para pagamento. Pode ser até 31 de dezembro, mas não acredito que o Governo faça isso. Esperamos que ele pague ainda em março”, disse o secretário-geral da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Eduardo Tabosa (PSD). “A previsão é março, mas a gente ainda não tem certeza de nada, pois as coisas mudam muito. Estamos aguardando, mas os Municípios precisam disso com urgência. Os Prefeitos se animam, mas como não há prazo é difícil, muitos de nós nem acreditavam mais nesses recursos”, destacou o Prefeito de Afogados da Ingazeira e presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), José Patriota (PSB).

Pernambuco receberá R$ 98 milhões rateados proporcionalmente à tabela do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Saloá receberá pouco mais de R$ 300 mil enquanto Paranatama ficará com R$ 240 mil. Iati receberá pouco mais de R$ 360 e Terezinha apenas R$ 180 mil. Com informações do blog do Carlos Eugênio.

Clique AQUI e confira quanto seu município irá receber.
Continue lendo

GIRO POLÍTICO (25/02) Beto Accioly consolida apoio da oposição de Caetés e poderá ser votado em Paranatama


Em visita ao agreste meridional, participando de encontros políticos e encerrando sua caminhada participando da festa de emancipação política na cidade de Paranatama, o deputado estadual, Beto Accioly (PSL), que foi eleito pelo SOLIDARIEDADE em 2014, consolidou o apoio da oposição do município de Caetés.

Na terra de Lula, Beto terá o apoio dos vereadores Jocelino Ferreira, Sebastião de Dedé e Everaldo Ribeiro. O palanque é reforçado por Benedito e Claudia Ferreira, candidatos a prefeito e vice em 2016 além de todo o grupo político, como suplentes e ex-vereadores. A equipe conta com o apoio irrestrito dos empresários Adelmo Azevedo. Já a articulação foi intermediada por Josa Moitta (ex-vereador) de Paranatama ainda em 2016.

Natural de Recife, Accioly, começou sua carreira política em Camaragibe, onde foi eleito vereador em 2008 e 2012, disputou um mandato para à ALEPE e conseguiu ser eleito em 2014, Beto busca sua reeleição para à casa Joaquim Nabuco e articula novos apoios no agreste meridional. Deverá ter apoios em Paranatama e possivelmente outro município, caso as negociações se concretizem. Atualmente é presidente da Comissão de esportes e Lazer e vice-presidente da Comissão de Assuntos Internacionais.
Tudo pronto para Álvaro Porto voltar ao PTB de Armando

Image result for àlvaro porto e armando monteiro

O deputado Álvaro Porto (PSD) esteve nesta quinta (22) em Garanhuns, onde esteve com o prefeito Izaías Régis (PTB) e o vice-prefeito, Haroldo Vicente (PSC). A visita faz parte de uma reaproximação com o PTB, sigla para qual deve retornar.

Álvaro também participou de reunião no município com os vereadores Alcindo Correia (PCdoB) , Carla de Vilaço ( PTB), Professor Márcio (PHS), Gersinho Filho (PTB), Ary Júnior (PTB), Daniel da Saúde (PSC), além dos ex-vereadores Zé de Vilaço e Diretora Nelma, e do secretário de Governo de Garanhuns, Mewitton Araújo.

O fortalecimento do diálogo com representantes da sociedade civil e lideranças de Garanhuns, principal colégio eleitoral do Agreste Meridional, vem acontecendo desde 2015. Representante da região na Assembleia Legislativa, Porto está no primeiro mandato e tem feito da defesa do Agreste a principal bandeira da sua atuação na Casa.

O deputado foi eleito pelo PTB e se filiou ao PSD em 2016. Mesmo sendo a sigla integrante da base do governo Paulo Câmara (PSB), Porto manteve e mantém uma postura independente em relação ao Palácio do Campo das Princesas.

MARÍLIA CONTINUA CRESCIMENTO NO AGRESTE – Vereadores da oposição de Jupi confirmam apoio a neta de Arraes


E os ventos continuam soprando em favor da pré-candidatura de Marília Arraes (PT) ao palácio do Campo das Princesas. Depois de anunciarem que estariam no palanque da petista nas eleições de outubro próximo, os vereadores da cidade de Jupi que integram a oposição, Jeferton Monteiro (PSB), Dyda (PSB), Joel da Colônia (PR) e Antonio de Santa Rita (PDT), confirmaram o apoio e mais o ex-vereador Eduardo Salgueiro.

Com a informação toda a oposição no legislativo está com Marília. A informação foi confirmada pelo vereador de Garanhuns, Alcindo Correia (PCdoB) que além de ser uma das principais lideranças da petista no agreste meridional vem desempenhando importante papel e não mede esforços para ampliar os apoios.

Em março será realizado um evento em Garanhuns que deverá reunir uma grande quantidade de pessoas e praticamente todos os municípios do agreste estarão presentes com suas lideranças.

FORAM HOMENAGEADOS PELA CÂMARA – Frei Bosco Montserrat e Vicência Tenório

A imagem pode conter: 4 pessoas, incluindo Valdir Lopes, pessoas sorrindo, pessoas em pé

A câmara municipal de Saloá fez a entrega da “Moção de Reconhecimento e Aplauso” à Frei Bosco de Montsserat e Vicência Tenório Alves, pelos destacados trabalhos realizados no povoado de Serrinha da Prata. De autoria dos vereadores, José Ailton Carlos (Zé Cabeleireiro – PP) e Valdir de Araújo Ferreira (Valdir Lopes – PRTB). A homenagem foi entregue aos dois na última quinta-feira (20).

Tanto Frei Bosco como Vicência iniciaram na Serrinha um importante trabalho social que além de promover o bem estar, conseguiram arrecadar uma quantia em dinheiro para reforma e manutenção dos vários monumentos religiosos da localidade, que é conhecido por sua genuína arquitetura e ostenta dezenas de pequenas igrejas e monumentos.


Frei Bosco é um dos grandes responsáveis por toda a arquitetura religiosa da Serrinha. Mesmo morando no Recife sempre está buscando desenvolver sua terra. Vicência mesmo morando em Garanhuns tem sido uma havida defensora das melhorias para à cidade.

O medo que irriga as veias de Paulo Câmara e do PSB


Com um sorriso de orelha a orelha! Foi assim que ficaram vários aliados do governador Paulo Câmara (PSB), com a visita do governador e de Renata Campos ao ex-presidente Lula (PT). Em 2014 se não fosse a morte de Eduardo Campos, certamente o PSB teria perdido as eleições em Pernambuco.

Em 2018 os socialistas buscam a todo custo um fato novo que possa salvar mais uma vez o atual governador. E olha que não está fácil. Estão forçando a barra e tocando o terror alardeando uma possível aliança do PT com o PSB já está configurada. Muitos dizem que o cacique João Paulo já é vice de Câmara.

Analistas políticos de todo estado de Pernambuco estão convencidos que a verdadeira insegurança do PSB e do governador Paulo Câmara que pleiteará a reeleição em Outubro, não é nem o PT lançar candidatura própria. Na verdade, o medo é de que a vereadora Marília Arraes, neta de Miguel Arraes, consiga viabilizar sua candidatura, ou pelo PT seu partido atual, ou outra legenda caso o PT se alie com o PSB.

Segundo o conceituado jornalista Inaldo Sampaio, a maior preocupação da cúpula do PSB, é inviabilizar a candidatura de Marília custe o que custar. O PSB não admitiria disputar uma eleição contra a prima de Eduardo Campos e neta de Miguel Arraes.

Em uma entrevista para a Rádio Polo FM, Inaldo afirma que já viu pesquisas que Marília tem 23% das intenções dos votos.
Professores são assaltados dentro de escola


Dois marginais armados invadiram as dependências da Escola Professor Antônio Gonçalves Dias, o Caic na noite desta quinta-feira, 22 de fevereiro em Garanhuns e assaltaram várias professoras. De acordo com a PM, a dupla entrou no colégio, se dirigiu à biblioteca e assaltou professores que estavam no local.

Foram levados aparelhos celulares, chave de carro, uma CNH, cartão bancário e uma pequena quantia em dinheiro. O efetivo policial foi acionado, mas os marginais perceberam a chegada da Rocam e do Gati e fugiram. Diligências foram feitas, mas nenhum dos dois foi capturado. Segundo as vítimas um dos assaltantes era alto e moreno e o outro aparentava ser menor de idade. Com informações do V&C Garanhuns.

Marília Arraes volta ao agreste meridional em março


Na manhã desta terça-feira (20), lideranças do agreste meridional estiveram no gabinete da pré-candidata ao governo de Pernambuco, Marília Arraes (PT) e dentre outros assuntos agendaram a volta da neta de Miguel Arraes (in memoriam) ao agreste meridional. O núcleo representado pelos vereadores, Alcindo Correia do PCdoB de Garanhuns, Jânio Moraes do PRB de Brejão, Jocelino Ferreira do PSB de Caetés e Wellington Freitas de Saloá.

Ficou definido que Marília voltará ao agreste meridional no próximo sábado, 10 de março. Com agenda lotada a visita deverá acontecer nos municípios de Saloá, Paranatama e Garanhuns. Neste último deverá ser formatado um ato de grandes proporções.

De acordo com o vereador Alcindo – uma das principais lideranças de Marília na região – lideranças de todos os municípios da região deverão ser convocados para em assembleia debaterem os rumos da candidatura de Marília e fazerem os ajustes necessários para a visita em Garanhuns.

A última pesquisa pela corrida ao palácio do Campo das Princesas, mostrou que o maior índice da petista nas intenções de votos é justamente no agreste meridional. Região que abraçou de corpo e alma a candidatura da jovem promessa, que em um trabalho de formiguinha – organizado – já contabiliza um apoio maior do que a candidatura da turma de Temer.

Nas redes sociais a pré-candidata fez questão de registrar a visita que recebeu das lideranças do agreste, que na ocasião representaram dezenas de outros municípios e companheiros. Assim como fez Serra Talhada, Garanhuns deverá alavancar de vez a candidatura de Marília e pôr um ponto final nas especulações de uma aliança PT/PSB.
Empresário e ex-candidato a vice-prefeito de Paranatama volta a questionar administração do município

A imagem pode conter: nuvem, céu, planta e atividades ao ar livre

O empresário e ex-candidato a vice-prefeito nas eleições de 2016, Zelandyo Monte Horebe (PSD), usou sua página de relacionamento nas redes sociais para questionar à administração pública de seu município, a qual aponta falhas e classifica como “uma administração sem direção”.

A maioria dos questionamentos levantados por Zelandyo são a respeito de questões relacionadas à educação do município. Confira:

Foto do perfil de Zelandyo Monte Horebe, A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, close-upParanatama,
A cada dia que passa tenho mais certeza que nosso município está entregue a uma 
administração sem direção.
Mais um ano passou e mais escolas foram fechadas, a administração alega que é devido falta de alunos .
1)Falta de alunos , para onde eles estão indo ?
2)Por que Caetés recebeu da secretaria municipal de Paranatama um ofício pedindo para o município não matricular os alunos de Paranatama?
3) por que a construção de uma nova escola na zona rural ?
4) por que o abando da obra ?
5 ) foram reformadas todas as escolas da zona rural em 2016 , porque já em 2017 começaram fechar se o governo atual é uma continuação do anterior ?
6) como está o transporte desses alunos para a cidade ?
7 )super lotação das salas aulas influência em baixa qualidade de ensino ?
8 ) por que outros municípios estão aumentando o número de alunos e Paranatama está diminuindo ?
9) investimento na educação se limita só a cadeiras novas ?
10) capacitação , formação , formaturas reuniões , confraternizações da Prefeitura municipal de Paranatama no salão de eventos da secretária de educação é permitido por lei ?
São alguns de muitos questionamentos que tenho a essa gestão.
A discussão nas redes sociais sobre a postaggem do empresário está ficando bastante acalorada, com a população se posicionando de ambos os lados. Nosso blog está a disposição caso a prefeitura de Paranatama queira emitir algum esclarecimento a respeito dos assuntos abordados no post de Zelandyo.
Carlos Batata deverá disputar um mandato de deputado federal


Com a possível candidatura do ministro Mendonça Filho (DEM) a governador ou senador, na eleição deste ano, o médico veterinário Carlos Batata (DEM) está disposto a tentar retomar o seu mandato de deputado federal. O ex-parlamentar já está se articulando e caso dispute a vaga na Câmara Federal terá o apoio de alguns prefeitos do interior, ex-prefeitos, vereadores e ex-vereadores.

Caso Mendonça dispute um cargo majoritário, possivelmente Batata herdará algumas bases do ministro, que sempre foi apoiado em vários municípios do Agreste. Antônio Carlos Vieira começou sua vida política em Capoeiras, em 1988, quando derrotou um ex-prefeito que era considerado favorito por mais de mil votos de diferença.

Em 1994 ele se elegeu deputado estadual ficando entre os mais votados do Estado. Exerceu em seguida dois mandatos de deputado federal, além de contribuir decisivamente com a eleição dos prefeitos de Capoeiras em 1992 (Zezinho Borrego), Aluízio Cabral (1996) e Dudu (2008). Sem nenhum cargo público desde 2002, Carlos Batata disputou a prefeitura de Capoeiras em 2016, perdendo para Neide Reino. Obteve, no entanto,  em torno de 5.500 votos, na prática recuperando seu capital político, quando muitos achavam que ele seria derrotado facilmente.

Antônio Carlos nasceu em Garanhuns.  Na infância morava na Avenida Dantas Barreto e estudava no Colégio Diocesano. Depois de morar no Recife e em Brasília, Batata voltou a ter residência em Garanhuns desde 2015, no bairro de Heliópolis.

No município, ele fará dobradinha com Damásio, que deve disputar o mandato de deputado estadual, e terá o apoio de Dra. Claudomira Andrade, que apoiará à Assembleia Legislativa a candidatura de Priscila Krause (DEM). O democrata terá também o apoio de lideranças de Caetés, Terezinha (possivelmente o ex-prefeito Ezaú Gomes ficará ao seu lado), de Brejão, Bom Conselho e outros municípios do Agreste.  Com informações do blog do Roberto Almeida.
TEREZINHA EM LUTO – Morre filho do ex-prefeito Alexandre Martins


Terezinha está em luto! É que o jovem Andrey Martins, de apenas 15 anos de idade, filho do casal Valquiria e Alexandre Martins, Ex-prefeito daquele Município, faleceu por volta das 22h desse domingo, dia 18, no Hospital Unimed, em Caruaru. A causa da morte ainda não foi revelada pelos Médicos.

Andrey Martins estava internado desde o último sábado de Carnaval, dia 10, após sentir-se mal em casa. Ele foi aluno da Escola Abílio Alves de Miranda e atualmente estudava na Escola Monsenhor Alfredo Dâmaso, em Terezinha, onde iria fazer o segundo ano do Ensino Médio.

Detalhes quanto ao velório e o sepultamento ainda não foram divulgados pela Família, mas ambos devem ocorrer na cidade de Terezinha. Andrey era filho único do casal Alexandre e Valquíria. Com informações e fotos do blog do Carlos Eugênio.

“Inacreditável” é assim que classifica Silvio Costa Filho a aliança entre PSB e PT

Related image

O líder da Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco, Silvio Costa Filho (PRB), declarou nesta sexta-feira (16) que existe incoerência no discurso do PSB estadual. A sua análise se deu a partir da visita realizada pelo governador Paulo Câmara ao ex-presidente Lula.

Segundo o deputado, tanto o governador, como o prefeito do Recife e vários deputados federais e estaduais da legenda afirmaram em entrevistas que Pernambuco não estava bem porque o PT havia “quebrado” o país.

“Observei nos últimos três anos que a retórica do PSB em Pernambuco era terceirizar os problemas da crise nacional ao PT, que foi o PT responsável pelos problemas fiscais, que quebrou o país e que não retomou os investimentos. Por ironia do destino, agora, as mesmas lideranças que criticavam o PT, agora estão fazendo de tudo para ter o apoio do Partido dos Trabalhadores, por conta do ex-presidente Lula, em Pernambuco. Então, acho que é uma incoerência que a gente está vendo. É preciso que a sociedade pernambucana observe esse movimento”, afirmou Silvio.

Ele ainda classificou como “inacreditável” a aproximação entre o Paulo Câmara e Lula. “Quando você pensa que já viu de tudo, você cada vez se surpreende mais. É inacreditável ver, em Pernambuco, um palanque com Jarbas Vasconcelos e o presidente Lula. Os próprios deputados federais do PSB votaram pelo impeachment da presidente Dilma e agora, numa operação ‘Salva-Paulo Câmara’, achando que o presidente Lula vai salvar o governador do Estado, que vai transferir o voto para salvar o governador, tentam montar essa operação com PT, PSB e Jarbas”, finalizou.
Governo Paulo Câmara fechou 2017 devendo R$ 240 milhões a fornecedores e prestadores de serviços na saúde

Image result for PAulo câmara devendo dinheiro

Assim como nos dois anos anteriores da atual gestão, o Governo de Pernambuco fechou mais um ano no vermelho. Em 2017, as dívidas com fornecedores e prestadores de serviços mais uma vez somaram mais de R$ 1 bilhão. Só na saúde, segundo dados disponíveis no Portal da Transparência do Estado e no portal Tome Conta, do Tribunal de Contas de Pernambuco, foram R$ 238,8 milhões de débitos rolados de um ano para outro. Os números foram debatidos, durante apresentação do secretário da Fazenda do Estado, Marcelo Barros, na Comissão de Finanças, Orçamento e Tributação da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).
Desse montante, metade dos débitos está diretamente relacionada à prestação de assistência médica e ambulatorial, com o total de R$ 119,5 milhões.  Os números, de acordo com o deputado Silvio Costa Filho (PRB), líder da Bancada de Oposição na Alepe, refletem a difícil situação fiscal do Estado. “Enquanto a retórica do PSB é que o governo fez o seu dever de casa e manteve o equilíbrio fiscal, os números mostram o contrário, o que tem reflexo direto nos serviços prestados à população, assim como na baixa taxa de investimento apresentada nos últimos anos. Em 2017 Pernambuco investiu apenas 5,3% da sua receita corrente líquida, enquanto Ceará investiu 12,3%, o Piauí 10,5% e a Bahia 10,4%. Foi o terceiro pior resultado da Região Nordeste”, comparou.
Para Silvio, a falta de compromisso com o pagamento a fornecedores e prestadores de serviço tem impacto direto na queda na qualidade do atendimento à população, com médicos fazendo greves nas UPAEs de Garanhuns e de Caruaru, suspensão do atendimento no Centro de Oncologia de Petrolina, superlotação nos hospitais e falta de medicamentos e insumos básicos. Segundo levantamento realizado pela Oposição, mais de de 10% dos débitos em aberto são referentes a dívidas com as OSs que administram as unidades estaduais de saúde, com prestadores de serviços e fornecedores de insumos e medicamentos. Entre os maiores credores do Estado, os fornecedores da área de saúde tinham a receber R$ 126,82 milhões em 31 de dezembro.Fonte: Blog Ponto de Vista.