Triste fim para uma seleção madíocre

TRISTE FIM PARA UMA SELEÇÃO MEDÍOCRE

Fred lamentando jogo Brasil x Alemanha (Foto: Reuters)

O Brasil se despediu da copa que ele mesmo organizou, de forma triste, triste não, vergonhosa. 10 gols sofridos em duas partidas é digno de rebaixamento. Uma campanha medíocre para quem apostou tanto no sonho do hexa. Um desastre.

O goleiro um barra aberta, de onde viesse a bola era gol ou quase gol. O único bom momento do nosso arqueiro Júlio César foi nas cobranças de pênaltis contra o Chile. Um centroavante que ninguém soube se viveu ou se morreu, de tão ruim que se apresentava em campo. Fred conseguiu ser horrível.

Um meio de campo fantasma em toda copa, somente nesta derrota para a Holanda conseguimos ver um Oscar trabalhando como um verdadeiro meia.
Nossas laterais uma verdadeira via expressa com abertura para os jogadores adversários correrem acima do 80 km|h. Nossos volantes até que tentaram, mas não conseguiram nada. Resumindo um time de um homem só. Bastou Neymar sair e o time todo morreu, fizeram uma macumba ou pregaram nossos jogadores com superbond.

E o treinador, o que falar do treinador Felipão, que ficou com a cara parecendo um pão, só que amassado. Nossos treinadores perderam a capacidade de enxergar o jogo e suas variações táticas. Parreira agora já pode voltar para cuidar das suas videiras e seu parreiral.


O resultado de tudo isso foi um humilhante 7 x 1 diante da Alemanha e outro 3 x 0 diante da Holanda. Calma que ainda pode ser pior. Basta a Argentina ser campeã neste Domingo, que os Hermanos (filhas da ...) vão nos zoar a vida inteira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidades, não ofenda e nem acuse a quaisquer cidadão. afinal o blog, o blog é de vocês.