Eduardo faz a festa na terra de Lula

EDUARDO FEZ A FESTA NA TERRA DE LULA


Na terra natal do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o candidato do PSB à Presidência da República, Eduardo Campos, cumpriu seu papel. O socialista circulou pelas principais ruas da cidade em uma carreata que durou quase quatro horas. Estava ao lado do seu afilhado político, Paulo Câmara, candidato ao governo do estado, e de Fernando Bezerra Coelho, que disputa uma vaga no Senado. Mesmo em território adversário, Campos pediu com desenvoltura apoio para seus aliados, prometeu melhorar a vida dos que moram na cidade e fez críticas à presidente Dilma Rousseff (PT), a quem cobrou as obras prometidas ao povo do município.
“Em Garanhuns, fiz sem obrigação do Estado obras na BR-423 que a presidente até hoje deve”, afirmou, garantindo que, se eleito, vai fazer o eixo de integração do Agreste Meridional.

No final do trajeto, Eduardo discursou por sete minutos de cima do caminhão em que percorreu mais de 20 ruas. Pediu votos para Paulo Câmara e lembrou o trabalho realizado na sua gestão no município.

“Garanhuns me viu trabalhando para construir seu desenvolvimento, trazendo água que antes negaram e retirando o presídio que muitos trouxeram”, provocou. O socialista também prometeu melhorar a qualidade da saúde, com a construção de novos hospitais, e da educação.

Ao ser indagado se estava em Garanhuns para confrontar os adversários, Eduardo afirmou. “Não. Sou paz e amor”, disse, fazendo gesto equivalente com a mão.

Um comentário:

  1. Wellington e interesante em garanhuns e reginhao deu 2500 pessoa e em saloa os babao vala que foi mais de 2500 garanhuns tem 10 veses saloa

    ResponderExcluir

Comente com responsabilidades, não ofenda e nem acuse a quaisquer cidadão. afinal o blog, o blog é de vocês.