Eduardo foi quem alugou avião que o matou em tragédia

EDUARDO CAMPOS FOI QUEM NEGOCIOU ALUGUEL DO AVIÃO QUE O VITIMOU EM ACIDENTE AÉREO

Eduardo Campos - Divulgação

O “Estadão” de hoje (17) informa que por meio de um documento entregue no começo deste mês ao TSE, o ex-chefe de gabinete de Eduardo Campos no Palácio do Campo das Princesas, Renato Thièbaut, responsável pelas contas de sua campanha, diz não haver condições de declarar as despesas realizadas com o avião Cessna que caiu com o ex-governador porque a negociação com os donos da aeronave foi feita pelo próprio.
No documento, de seis páginas, Thièbaut (pronuncia-se “Tibô”) afirma o seguinte: “O candidato geria algumas tratativas de sua campanha, em especial doações em valores estimáveis, sendo certo que detinha pessoalmente o controle, documentação e informações sobre as mesmas”.
Thièbaut estava na campanha de Paulo Câmara (PSB) ao Governo do Estado e só foi deslocado para a campanha de Eduardo Campos no dia 1º de agosto.
Por isso, garante, várias movimentações contábeis ocorreram antes desta data e, portanto, sem o seu conhecimento.
Diz também que recebeu no dia 25/8, duas semanas após o acidente que matou o ex-governador, um documento dos empresários pernambucanos João Carlos Lyra Pessoa de Mello Filho e Apolo Santana Vieira declarando que a aeronave foi emprestada ao candidato.
Nesse documento, os empresários afirmam que estavam em processo de compra do avião perante a Cessna Finance, e que, após a conclusão do negócio, “a doação de seu uso ao candidato Eduardo Campos seria formalizada”.
No mesmo documento Thièbaut afirma que a aeronave seria usada durante toda a campanha por Eduardo Campos e que, ao seu final, as horas de voo seriam apuradas “para efeito da estimativa orçamentária e emissão do recibo eleitoral respectivo.”
Esse cálculo, garante, estava sendo feito pelo piloto, que também morreu no acidente.

Fonte: Blog do Jamildo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidades, não ofenda e nem acuse a quaisquer cidadão. afinal o blog, o blog é de vocês.