PT VAI EXPULSAR 3 PREFEITOS QUE APOIARAM PAULO CÂMARA

PT VAI EXPULSAR 3 PREFEITOS QUE APOIARAM PAULO CÂMARA

Teresa Leitão explica processo de expulsão dos membros infiéis PT. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem.

Os prefeitos dos municípios de Orocó e Jatobá, no Sertão, e de Machados, no Agreste, deverão ser expulsos do PT por terem apoiado o governador eleito Paulo Câmara (PSB) nas eleições deste ano. O anúncio foi feito ontem pela presidente da legenda no estado, Teresa Leitão, antes de uma reunião da executiva estadual do partido, que iniciará hoje processos disciplinares contra aproximadamente 100 filiados por infidelidade partidária.

Os prefeitos citados são Reginaldo Crateú Cavalcante (Orocó), Róbson Barbosa (Jatobá) e Argemiro Pimentel (Machados), que não apoiaram a coligação formada por Armando Monteiro (PTB) e João Paulo (PT). “Pelo regimento do partido, o caso deles é de expulsão. Mas todos terão direito de se defender”.


Segundo a dirigente petista, entre os demais filiados passíveis de punição estão outros prefeitos e vereadores, mas os casos serão examinados individualmente. “Há casos de alguns que apoiaram apenas deputados do outro lado. Tudo será analisado. Os citados terão dez dias para apresentar defesa e o processo pode durar, no máximo, 90 dias”, acrescentou. A reportagem tentou contato com os prefeitos, mas não conseguiu localizá-los. Também ontem, um grupo formado por 22 filiados se antecipou ao processo e pediu desfiliação do PT, como o membro da executiva nacional do partido, Gilson Guimarães.

Um comentário:

  1. Ja que ta acontecendo isso, pq o PSB nao expulsa Gilvan ja que ele apoiou Dilma e Armando no municipio? Pq ele tbm contrariou a fidelidade partidaria

    ResponderExcluir

Comente com responsabilidades, não ofenda e nem acuse a quaisquer cidadão. afinal o blog, o blog é de vocês.