PROFESSORES REVOLTADOS COM MUDANÇAS NO ABONO EDUCADOR PROTESTAM E LOTAM CÂMARA DE GARANHUNS

PROFESSORES REVOLTADOS COM MUDANÇAS NO ABONO EDUCADOR PROTESTAM E LOTAM CÂMARA DE GARANHUNS


“A maré não está pra peixe”. A classe dos professores está sofrendo muito no estado de Pernambuco. O governador Paulo Câmara (PSB), deu um reajuste pífio nos vencimentos dos professores e os mesmos deflagraram greve. Em Saloá nem se fala, greve o ano passado em em 2015 uma reestruturação do PCC, que é um verdadeiro calvário para os docentes municipais, a única bondade do PCC em Saloá é facilitar a vida do governo. E em Garanhuns, uma mudança na forma de pagar o abono educador vem tirando o sossego e a concentração dos profissionais.

Na última sessão da quarta-feira (16), os professores da cidade de Garanhuns, reuniram-se e foram assistir a reunião ordinária daquele poder legislativos, com intuito de cobrarem seus direitos e observarem como iriam votar os vereadores que um dia também precisaram dos votos dos professores. Pois bem, depois de uma manobra, segundo acusou o presidente do SISEMUG, a discussão sobre o abono dos professores nem sequer chegou a ser discutida ou apresentada. O presidente Gersinho Filho, cortou o microfone do vereador, Sivaldo Albino e encerrou a sessão sob fortes vaias e gritos de protestos.

VEJAM O VÍDEO COM MOMENTO DAS VAIAS


O presidente do SISEMUG, falou que iria levar o caso ao Ministério Público, o que efetivamente nem precisou, pois o reconhecido órgão em defesa dos direitos dos cidadãos, sempre atento aos sinais (pelo menos em Garanhuns, o que não é o caso de outros municípios), divulgou nota, onde faz um pedido, um apelo, uma orientação, para que o prefeito do município, o Sr. Izaías Régis reveja a forma de conceder o abono. Lembrando que o abono educador foi instituído no governo do então prefeito, Silvino. Foi pago durante todo o governo de Luiz Carlos e o próprio Izaías pagou corretamente nos dois primeiros anos de seu governo.

Garanhuns, não só Garanhuns, mas o estado e a cidade de Saloá, por exemplo, estão alegando dificuldades financeiras para justificar o corte nas gratificações dos professores, estão jogando as dificuldades para cima da classe, como que fossemos nós os responsáveis pelo atual momento do país, pois estão enganados, profundamente equivocados. O arrocho que ora vivemos é fruto da CORRUPÇÃO dos próprios políticos e empresas ligadas aos POLÍTICOS que estão escoado o dinheiro dos brasileiros.

Encerro com o que o nosso grande mestre JESUS CRISTO nos ensinou em suas belíssimas parábolas, onde um dia questionado sobre o pagamento de impostos respondeu, “a César o que é de César, e a DEUS o que é de DEUS” em verdade eu vos digo, usando as palavras de meu irmão e senhor JESUS CRISTO, “Aos professores o que é dos professores”.

Vamos ficar atentos para ver o que acontece no estado de Pernambuco, na cidade de Saloá e Garanhuns.


Para maiores informações acesse AQUIAQUIAQUI.

FOTO: Blog Carlos Eugênio

2 comentários:

  1. saudade do governo municipal do prefeito gilvan, era bom de mais mais ele foi traido muitos dos que mamava nas tetas da vaquinha votou contra ele, agora prefeito bom e pra quem ta mamando, tmais é assim mesmo

    ResponderExcluir
  2. agora me desculpe eu vi num boga que ze de abilio e candidato a prefeito de saloá, eita mitira danada gente u povo nao e besta nao ze de abilio vive um mundo lunatico e um cara fantasiozo foi expulso do cafe com leite nao pode ser candidato, voltou pro pereirao 40 depois ta boiando nem partido tem. mais ele e gente boa e ze de abilio tu ta tendo grandes assessores mais se tu pudese ser candidato eu nao votava em tu não kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir

Comente com responsabilidades, não ofenda e nem acuse a quaisquer cidadão. afinal o blog, o blog é de vocês.