ADAGRO INVESTIGA MORTES DE ANIMAIS NO AGRESTE PERNAMBUCANO

ADAGRO INVESTIGA MORTES DE ANIMAIS NO AGRESTE PERNAMBUCANO

Animal foi levado para a UFRPE, em Garanhuns, para ser examinado (Foto: Reprodução/TV Asa Branca)

Uma equipe da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro) foi até a cidade de Ibirajuba, no Agreste de Pernambuco, para investigar a morte de bois, vacas e bezerros. A situação é preocupante e os técnicos da ADAGRO também já identificaram mortes do tipo na cidade de São Bento do Una, também no Agreste.

De acordo com a presidente da Agência, Erivânia de Almeida, existe a suspeita que os animais estejam infectados com botulismo, doença grave. No entanto, de acordo com ela, o resultado só deve ser conhecido após a divulgação dos exames.

"Uma equipe nossa foi até a propriedade para colher amostras por meio de necropsia que serão feitas nos animais. Após coletar os dados, vamos enviar para um laboratório em São Paulo e teremos o resultado, mas diante do que os nossos médicos veterinários viram por lá, existe uma suspeita de que seja botulismo", explicou Erivânia.

Os resultados dos exames só serão divulgados após dez dias do envio do material para o laboratório. A presidente da Adagro alertou ainda sobre os motivos dessa possível infestação. "Esse período de seca pode piorar a situação. Os animais têm poucas opções de alimentação e as vezes comem as carcaças de outros animais mortos. Como estão com pouco cálcio, a doença pode se manifestar", diz.

Ela informou ainda que a qualidade da água oferecida também pode ser a causa da doença e orienta aos criadores da região. "Só após o resultado do laudo é que vamos ter a certeza, mas até lá, pedimos aos criadores que vacinem o gado contra o botulismo", diz. Os últimos casos de botulismo no Agreste ocorreram em Garanhuns. Com informações do G1 Caruaru.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidades, não ofenda e nem acuse a quaisquer cidadão. afinal o blog, o blog é de vocês.