Professores de Bom Conselho decidem pela manutenção da GREVE

Professores de Bom Conselho decidem pela manutenção da GREVE

A imagem pode conter: texto

Os profissionais da educação do município de Bom Conselho, que estão em GREVE desde o último dia 03 de abril. Decidiram em assembleia geral realizada nesta segunda-feira (24), que irão continuar com o movimento paredista e não vão acatar a liminar concedida de forma monocrática pelo desembargador, Bartolomeu Bueno, que decidiu que a greve era ilegal e determinou que os professores voltassem aos trabalhos em 48h, após o recebimento da notificação.

Os profissionais decidiram pela manutenção da greve e uma nova assembleia da categoria foi marcada par a próxima sexta-feira (28), data de uma das maiores paralisações do trabalhadores na história do Brasil. Nesta data, sindicato e professores irão analisar mais uma vez seu posicionamento. Existe a expectativa que até lá novas negociações com a prefeitura sejam bem sucedidas.

Segundo alguns professores, desde o mês de janeiro de 2017, que os mesmos procuram negociar com prefeitura sobre os direitos que a categoria possui, entre elas o reajuste do piso do ano em curso de 7,64% que o governo federal aplicou ao piso nacional do magistério. Piso esse que a prefeitura municipal de Bom Conselho se nega a pagar, sob a alegação de falta de recursos financeiro, mesmo o governo federal tendo aumentado o repasse financeiro para todos os municípios.


“Apesar de inúmeras tentativas de negociarmos, essa administração nunca demonstrou interesse em chegar a um acordo”, confidencia uma professora. A liminar concedida em favor da prefeitura de Bom Conselho, determina uma multa de R$ 1.000,00 (um mil) diários, caso os professores a descumprissem. A expectativa é que a partir de agora o município comece a colocar falta nos professores grevistas e assim possa proceder com descontos nos vencimentos dos mesmos. O SINTEMUB, informou que irá recorrer da decisão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidades, não ofenda e nem acuse a quaisquer cidadão. afinal o blog, o blog é de vocês.