Após 30 dias professores de Bom Conselho continuam em GREVE

Após 30 dias professores de Bom Conselho continuam em GREVE


A greve dos professores da rede municipal de ensino de Bom Conselho, completou um mês de duração na quarta-feira (03). A paralisação já é uma das maiores registradas no município nos últimos 10 anos. Sem previsão de acordo entre os profissionais em educação e a administração municipal. A greve teve seu início de paralisação em 3 de abril.

A categoria reivindica, dentre outros direitos, reajuste no piso salarial de 7.64%, que tem o respaldo do Governo Federal mediante Lei, bem como a mudança de classe e de nível de todos os profissionais da educação, respaldada pela Lei Municipal Nº 1.498/2011.

Liminar

Os professores seguem em greve, mesmo após liminar do Tribunal de Justiça proferida pelo desembargador Bartolomeu Bueno, que determinou a ilegalidade da paralisação e estipulou multa diária caso os servidores não cumprissem a determinação e voltassem ao trabalho. De acordo com informações, o sindicato que representa a categoria, recorreu da decisão do desembargador, e uma decisão é aguardada até o final desta semana.

A categoria decidiu pela permanência da greve, em assembleia realizada no dia 24 de abril. Os profissionais só pretendem voltar ao trabalho após terem a pauta de reivindicação atendida. Sem previsão de diálogo, a greve da educação em Bom Conselho vai ganhando uma dimensão já mais vista antes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidades, não ofenda e nem acuse a quaisquer cidadão. afinal o blog, o blog é de vocês.