STF afasta AÉCIO NEVES e do deputado federal ROCHA LOURES

STF afasta AÉCIO NEVES e do deputado federal ROCHA LOURES


O Supremo Tribunal Federal determinou na manhã desta quinta-feira (18) o afastamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG) de seu mandato e do deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), este muito próximo ao presidente Michel Temer (PMDB). Aécio e Loures foram citados e gravados na delação da JBS.
Há também um pedido de prisão de Aécio Neves requisitado no Supremo Tribunal Federal. Ele ainda não foi autorizado e será submetido ao relator da Lava Jato, ministro Edson Fachin, e depois submetido aos pares. Esta informação é da colunista Jovem Pan Vera Magalhães.
Aécio Neves, presidente nacional do PSDB, teria pedido para Joesley Batista, um dos donos da JBS, R$ 2 milhões para pagar sua defesa nos inquéritos da Operação Lava Jato. O dinheiro teria sido entregue a seu primo Frederico Pacheco de Medeiros, o "Fred", em quatro parcelas de R$ 500 mil. Uma das entregas, feita por Ricardo Saud, diretor de Relações Institucionais da JBS, foi gravada pela Polícia Federal.


O material foi entregue em delação premiada de Joesley, conforme divulgou o jornalista Lauro Jardim, do jornal O Globo na noite desta quarta (17). O STF, também pediu a prisão da irmã do senador Aécio Neves.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidades, não ofenda e nem acuse a quaisquer cidadão. afinal o blog, o blog é de vocês.