PARANATAMA – Zelandyo questiona o fechamento de escolas rurais pela atual administração

PARANATAMA – Zelandyo questiona o fechamento de escolas rurais pela atual administração



Em material enviado a imprensa do agreste meridional, o empresário e empreendedor do município de Paranatama, Zelandyo Monte Horebe, questiona a atual administração paranatamense, pelo fechamento de, segundo ele, aproximadamente 11 escolas localizadas na zona rural do município. Segundo a publicação as escolas fechadas no início do ano, não recebeu o aval da comunidade, na verdade as comunidades sequer foram consultadas.

Na nota também é questionado o fato de no ano de 2016, quase todas as escolas ora fechadas, passaram por reformas por parte do governo do ex-prefeito Zé Teixeira. Zelandyo cita a lei federal que regulamenta os procedimentos no caso de fechamento de escolas rurais e ao final cobra esclarecimentos por parte do gestor. Confira a nota na íntegra.

Existe uma lei que estabelece que a comunidade escolar, pais, professores, alunos e demais pessoas que estejam envolvidas com a escola, devem ser ouvidas pela Secretaria de Educação antes do encerramento das atividades da escola, e a mesma deverá por sua vez, justificar a necessidade de fechar a escola naquela comunidade.

Porém o que a população de Paranatama vivenciou no início do ano letivo foi bem diferente do que nos diz a lei. O que a população viu foi o fechamento de mais de 10 escolas da zona rural, causando transtorno a população, sem o mínimo de aviso prévio, muito menos foi convocada uma audiência pública para a discussão do assunto.

Porém, o que anda intrigando a população paranatamense é que no final da gestão passada (prefeito Jose Teixeira Neto) foram reformadas a grande maioria das escolas municipais, entre elas a maior parte na zona rural, reformas incluindo pinturas, muros, reforma de telhado, forros das salas de aulas, equipamentos, móveis, eletrodomésticos para equipar as cozinhas entre outros.

Gastaram-se muito recurso público nessas reformas. Além disso, a Secretaria de Educação do município sempre soube dos difíceis acessos as escolas rurais e mesmo assim todas escolas funcionavam seguindo os números mínimos de frequência e quantidade exigidas pelo MEC.

O que nos deixa duvidando da capacidade de administração do atual Gestor são os seguintes pontos:

1º porque fecha aproximadamente 11 escolas se todas foram reformadas a pouquíssimo tempo?

2º porque fechar tantas escolas de uma só vez, se sua logística de veículos não tem capacidade de transportar tantos alunos assim, colocando em risco tantas crianças e adolescentes?

3º existe um número de evasão desses alunos tão grande a ponto de fechar tantas escolas de uma só vez?

4º porque tanto dinheiro foi investido nessas escolas e no ano seguinte as mesma foram fechadas?

5º porque fechar 11 escolas e projetar a construção de 4 novas escolas na mesma área rural sabendo que essas construções podem durar os 4 anos de mandato?
Na nossa visão o atual gestor deve explicações a população Paranatamense, pois há um desperdício de dinheiro público e um mau planejamento por parte do gestor da cidade.

ZELANDYO MONTE HOREBE

Lei que dificulta o fechamento de determinadas escolas:

Brasília - DF, sexta-feira, 28 de março de 2014

Art. 28. ..................................

Parágrafo único. O fechamento de escolas do campo, indígenas e quilombolas será precedido de manifestação do órgão normativo do respectivo sistema de ensino, que considerará a justificativa apresentada pela Secretaria de Educação, a análise do diagnóstico do impacto da ação e a manifestação da comunidade escolar." (NR)

Art. 2o Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Brasília, 27 de março de 2014; 193o da Independência e 126o da República

DILMA ROUSSEFF

José Eduardo Cardozo
José Henrique Paim Fernandes
Sergio  Braune Solon de Pontes
Miguel Rossetto”.

Zelandyo é um dos mais bem sucedidos empresários do município de Paranatama e no ano de 2016 foi candidato a vice nas eleições da cidade. O blog do Wellington Freitas está a disposição da prefeitura de Paranatama.

Um comentário:

  1. é muito bom ter nossos filhos estudando nas escolas proximo de casa agora trazer os meninos as meninas em carros pra estudar na cidade meu deus do ceu isso é horrivel tem coisa que agentenao pode falar que é cutucar o cao com vara curta

    ResponderExcluir

Comente com responsabilidades, não ofenda e nem acuse a quaisquer cidadão. afinal o blog, o blog é de vocês.