Em Brasília Marília Arraes recebe apoios de deputados federais do PT à sua candidatura à governadora

Em Brasília Marília Arraes recebe apoios de deputados federais do PT à sua candidatura à governadora


Em visita de cortesia a parlamentares da bancada federal do PT, a pré-candidata ao governo de Pernambuco, Marília Arraes (PT), recebeu o apoio a sua postulação de encabeçar uma candidatura própria do PT, no Estado. Marília recebeu o apoio de vários parlamentares de seu partido e até de outras legendas, a exemplo de Sílvio Costa, do Avante, que pretende ser senador na chapa de Marília.

Em suas Redes Sociais, Marília, que também conta com o apoio massivo da militância de esquerda em Pernambuco e da base do próprio PT, além do apoio da deputada Teresa Leitão, do presidente da CUT/Pe, Carlos Veras, do prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque e de um número impressionante de vereadores, em todo o estado, postou a seguinte mensagem:

"Na noite de ontem (quarta-feira, 09) estive reunida, em Brasília, com diversos companheiros da bancada federal do PT na Câmara dos Deputados, ligados à CNB. Foi uma excelente conversa, que culminou com a declaração de apoio à nossa pré-candidatura. Conosco os deputados Ennio Verri (PT/PR); Assis Carvalho (PT/PI); José Mentor (PT/SP); Carlos Zaratini (PT/SP); Nelson Pelegrino (PT/BA); Paulão (PT/AL); Valmir Prascedelli (PT/SP); Ságuas Moraes (PT/MT). O deputado federal e pré-candidato ao Senado, Silvio Costa (Avante/PE), também esteve ao nosso lado."

A deputada federal Maria do Rosário chegou a repercutir a pré-candidatura de Marília Arraes em sua conta no Instagram, destacando a visita de Marília aos parlamentares.

O ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, em conversa de mais de duas horas com a pré-candidata do PT a uma das vagas na Câmara Federal, Liana Cirne, na sede do Instituto Lula, chegou a qualificar a vereadora Marília Arraes como "verdadeiro fenômeno", ao comentar não apenas a extraordinária performance da petista nas pesquisas eleitorais, onde aparece empatada tecnicamente com Paulo Câmara e Armando Monteiro, mas também em razão de sua impressionante capacidade de aglutinação das mais diversas forças e representações da sociedade pernambucana em torno de sua pré-candidatura ao governo de Pernambuco.

Isolados dentro do próprio Partido por defenderem uma aliança com o PSB, considerada espúria pela base do PT, existem apenas o senador Humberto Costa e o segundo vice-presidente do PT pernambucano, Oscar Barreto.

Texto editado do blog da Noelia Brito

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidades, não ofenda e nem acuse a quaisquer cidadão. afinal o blog, o blog é de vocês.