Marília Arraes pode passar Paulo Câmara ainda no 1º turno

Marília Arraes pode passar Paulo Câmara ainda no 1º turno

Resultado de imagem para lula, humberto e marilia

É inegável o peso político do sobrenome Arraes em Pernambuco. Que o diga Marília Arraes, vereadora do Recife, pré-candidata a governadora e sem anúncio (ainda) oficial do PT pernambucano acerca da unidade de forças ao seu nome como principal força capaz de deixar o atual governador caído aos seus pés.

Curiosamente o maior adversário de Marília no momento é o senador Humberto Costa também do PT, que com a fenomenal ascensão da neta de Arraes ao posto de maior liderança petista do estado, vem arquitetando um plano que “tenta” tirar Marília da disputa no tapetão. Humberto e meia dúzia de figurões aliados seus, parecem que foram picados pela mosca azul da sedução das promessas feitas pelo governador.

Resultado de imagem para paulo camara e humberto costa

A pré-candidatura de Marília é tão forte e tão promissora que já supera em índices matemáticos e apoiadores a do seu primo Eduardo Campos em 2008, quando na ocasião acabou por derrota o próprio Humberto Costa no 1º turno e Mendonça Filho (DEM) no 2º turno. Marília já apresenta números muito superiores ao primo, que no final da eleição conseguiu passar para o segundo turno por uma pequena diferença.

Marília já se encontra empatada tecnicamente com Paulo Câmara – que já entendeu que pode perder a eleição para ela – e começa a abrir em relação ao senador Armando Monterio (PTB), que pelo andar da carruagem será o candidato natural “das oposições” ao governo do estado. Contra Armando pesam o apoio da turma de Temer. Contra Paulo pesam uma péssima administração e uma falta de pulso e habilidade política.

Analisando o resultado das pesquisas eleitorais divulgadas até o momento pelo instituto MULTIPLA de Arcoverde, Marília Arraes passou de uma terceira via para se tornar a principal candidata com reais chances de desbancar o governador.

Em novembro de 2017 a vereadora aparecia com 9,6% das intenções de votos. Naquela época, Armando liderava e Paulo era 2º colocado. Na pesquisa de janeiro de 2018, Armando ainda liderava com Paulo em segundo e Marília, ainda em terceiro, já apresentava um bom crescimento e pontuava com 14,5%.

Então veio março. Dessa vez a pesquisa MULTIPLA apresentou uma significativa mudança em relação aos levantamentos anteriores. O governador Paulo Câmara passou a liderar a corrida, seguido por Armando Monteiro e Marília Arraes em empate técnico com o senador petebista, mas, ainda em terceiro com 18,5%.

E maio chegou como um meteoro para todos os pré-candidatos. O governador Paulo Câmara continua em 1º, só que dessa vez já tem a sombra de Marília Arraes batendo a sua porta. A jovem promessa pernambucana (o fato novo) está tecnicamente empatada com o governador e já começa a abrir em relação a Armando que agora está em terceiro.

Resultado de imagem para lula, humberto e marilia
PAULO foge de MARÍLIA como o diabo foge da cruz – Esse jargão popular exemplifica muito bem o atual momento. Cientes de uma possível derrota para a neta de Arraes, Paulo Câmara se “acoloiou” com Humberto Costa e juntos estão pedindo “penico” a executiva nacional do PT para barrarem Marília no “tapetão”, pois sabem que os dois estão perdidos. Um por votos e outro por falta de espaço.

Escrito por Wellington Freitas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidades, não ofenda e nem acuse a quaisquer cidadão. afinal o blog, o blog é de vocês.