EXCLUSIVO – Vice-prefeito de Canhotinho rompe com Álvaro Porto e com o governo municipal

EXCLUSIVO – Vice-prefeito de Canhotinho rompe com Álvaro Porto e com o governo municipal


O deputado estadual e candidato à reeleição, Álvaro Porto (PTB), teve uma baixa importante em seu município, que deve repercutir bastante no meio político. É que o atual vice-prefeito, Erinaldo Santos (PSD), rompeu com Porto e também com o governo municipal e deverá se tornar um importante opositor.

De acordo com as informações apuradas pelo blog, o motivo do desgaste e rompimento, teria sido o fato de Erinaldo não ter aceitado a imposição de ter que votar nos candidatos de Álvaro. Nos bastidores o vice-prefeito já vinha dizendo que votaria no próprio Álvaro, para deputado estadual, mas, não se submeteria a chapa completa, o que culminou com o rompimento político.


Vereador do município por seis mandatos consecutivos, é vice-prefeito em seu segundo mandato, é um dos políticos mais conhecidos em Canhotinho. Foi responsável por apresentar e apoiar Álvaro em 2003, o que o levou a ser prefeito eleito em 2004.

Image result for marinaldo rosendoErinaldo possui o fato de nunca ter perdido uma eleição em Canhotinho e de ter sido o vereador mais votado de toda a história no ano de 2008 - feito que perdura até hoje -.

O vice-prefeito deverá apoiar agora o deputado federal e candidato à reeleição, Marinaldo Rosendo (PP), não tendo definido ainda quem será o seu estadual, o que poderá acontecer nos próximos dias.

3 comentários:

  1. Precisava apresentar ALVARO PORTO a Canhotinho? Álvaro sempre foi enganjado em Campanhas politicas na cidade. Nasceu em berço politico,o Filho de Lourival Barros( prefeito de 3 mandatos) e Edite Porto (Umas das mulheres mais atuantes do municipio). Irmão de Carlos Porto( ex - deputado com 3 mandatos), de Dr. Adalto(médico que tanto servio e serve aos seus conterrâneos), de Eduardo Porto ( Delegado muito respeitado em todo Pernambuco). Erinaldo, cidadão respeitado, foi diversas vezes vereador, porém, era de outra linha política.Quando perdeu a eleição de 2000, sendi vice na chapa de Waldemar Torres, voltou ao cenario político como vereador ao lado de Álvaro Porto. Muitas foram as ajudas como correligionário e vereador. Mais do que um correligionário,um amigo! Divergências fizeram com que o vice-prefeito agisse de tal maneira a romper com o grupo do atual prefeito. Contudo,não se acredita que o mesmo tenha respaldo político na cidade, haja vista que o mesmo não esta sendo acompanhado bem por seus familiares. Aguardemos cenas dos próximos capítulos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por sua participação, caro amigo Alexandre. Estamos sempre a disposição.

      Excluir

Comente com responsabilidades, não ofenda e nem acuse a quaisquer cidadão. afinal o blog, o blog é de vocês.