NOVA oposição de Saloá define Marília Arraes como sua candidata a federal

NOVA oposição de Saloá define Marília Arraes como sua candidata a federal


A NOVA oposição de Saloá, grupo encabeçado por Wellington Freitas, juntamente aos vereadores Zé Cabeleireiro, Valdir Lopes e o professor Bá, que é primeiro suplente, definiu que Marília Arraes 1310, será a candidata a deputada federal apoiada por todo o grupo em Saloá.

A oficialização ocorreu na manhã da segunda-feira (20) depois de reunião com todo o grupo que aconteceu alguns dias antes. Desde que a banda podre do PT pernambucano, PT nacional, do senador Humberto Costa, rifaram a candidatura da neta de Arraes, que o grupo cogitava o apoio a sua postulação como candidata a federal.


Depois de trabalhar um ano em torno da candidatura ao Governo do Estado de Pernambuco da Vereadora do Recife, Marília Arraes (PT), agora candidata a deputada Federal, o grupo político deve assegurar a Marília uma votação expressiva no município.

No início do ano, antes mesmo de vigorar o período eleitoral, o grupo já desenvolvia um trabalho junto a imagem da petista, que na oportunidade em que esteve em Saloá, participou de plenárias que discutiram temas desde a defesa da liberdade e da candidatura à Presidência da República do ex-presidente Lula.


Fazem parte do grupo, além do próprio Wellington, um político respeitado em Saloá, Garanhuns e toda região do Agreste Meridional, os vereadores Zé Cabeleireiro e Valdir Lopes, que fazem oposição ao atual prefeito do município.
“Se nós queríamos Marília governadora, por que deixaríamos de apoiá-la para a Câmara Federal, ajudá-la a ter uma votação e dar uma resposta aos que traíram as bases do Partido dos Trabalhadores”, disse Zé Cabeleiro ao comentar a decisão do grupo.

Wellington, juntamente com os irmãos Jânio e Paulo Moraes, de Brejão, e o vereador Alcindo Correia, de Garanhuns, foram pioneiros da luta pela candidatura da neta de Miguel Arraes ao governo de Pernambuco. 

Eles conseguiram várias adesões em diversos municípios do Agreste e no auge da aliança conseguiram juntar 61 vereadores de mandato espalhados por 18 municípios, participaram da maioria das manifestações pela candidatura da vereadora ao Palácio das Princesas e comemoraram a vitória da petista no Diretório Estadual, quando 92% dos delegados petistas votaram pela candidatura de Marília. Com informações e textos compilados dos blogs do jornalista Roberto Almeida e Gidi Santos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidades, não ofenda e nem acuse a quaisquer cidadão. afinal o blog, o blog é de vocês.