GIRO POLÍTICO (GARANHUNS) – Sivaldo Albino, Audálio Ramos, Tonho de Belo e Alcindo Correia saem MAIORES das eleições 2018 – Mesmo com derrota Armando Monteiro foi majoritário

GIRO POLÍTICO (GARANHUNS) – Sivaldo Albino, Audálio Ramos, Tonho de Belo e Alcindo Correia saem MAIORES das eleições 2018 – Mesmo com derrota Armando Monteiro foi majoritário


Não é toda vez que se consegue sair vitorioso das eleições. Um bom político tem que saber de “có” o perfil dos eleitores de sua localidade e foi justamente nesse ponto que o prefeito Izaías Régis acabou sucumbindo no discurso que ele mesmo ajudou a criar.

Bom para Sivaldo Albino (PSB), seu principal adversário, que além de ser o estadual majoritário em Garanhuns, deverá assumir o mandato de deputado, puxado pela estrondosa votação que a delegada Gleide Ângelo (PSB) obteve. Aliás, o PSB de Paulo Câmara, também fez de João Campos (dobradinha com Sivaldo) o deputado federal mais votado da cidade das flores. Sivaldo deverá ser um fortíssimo candidato a prefeito em 2020, principalmente se unir os oposicionistas no município.

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé, barba e atividades ao ar livreComo ele mesmo descreveu nas redes sociais “uma campanha sem recursos”, o vereador Audálio Ramos (DC), segurou a “pecha” que não votaria em candidato forasteiro, manteve a coerência, candidatou-se a estadual e foi o segundo mais votado do município, batendo inclusive Álvaro Porto. Audálio certamente tem o sonho de ser candidato a prefeito em 2020, já que Izaías deverá apresentar seu sucessor.

Outro parlamentar da “terra da garoa” que se deu bem foi Tonho de Belo. Vereador em seu primeiro mandato, Tonho formou um pequeno grupo, com destaque para Rafael Peixoto (presidente do PP municipal). O grupo conseguiu dar uma boa votação à Luciano Bivar (2.857 votos), ele que é presidente estadual do PSL, partido de Jair Bolsonaro.

Alcindo Correia (PCdoB), mostrou que não tem medo de cara feia e que tem votos e prestigio junto a seu eleitorado, pegou um deputado estadual desconhecido do povo garanhuense no início da campanha, fez movimentos e conseguiu sozinho, dar mais de 700 votos a Zé Maurício (PP). Em São Pedro (de onde Alcindo é natural), Zé Maurício conseguiu expressiva votação.

Mesmo sendo vítima do seu próprio discurso “Garanhuns não vota em forasteiro”, que inclusive implodiu uma candidatura de Antonio João Dourado a prefeito em 2012, o prefeito Izaías Régis (PTB), conseguiu mostrar todo seu prestigio na votação dada à Armando Monteiro (PTB).

Imagem relacionada

Mesmo sendo derrotado com larga escala para Paulo Câmara, Armando conseguiu uma grande vitória em Garanhuns, puxado principalmente pela boa aceitação que Izaias possui na “Suíça pernambucana”.

Agora é esperar para ver quem será escolhido sucessor de Izaías e como irá se comportar os vereadores que são seus aliados na câmara para 2020.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidades, não ofenda e nem acuse a quaisquer cidadão. afinal o blog, o blog é de vocês.