SALOÁ – Vereadores denunciam perseguição política e mal atendimento na saúde do município


SALOÁ – Vereadores denunciam perseguição política e mal atendimento na saúde do município

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sentadas e área interna

Este foi o assunto tratado na noite da quinta-feira (18) na câmera dos vereadores do município de Saloá, pelos vereadores da Nova Oposição, Valdir Lopes e Zé Cabelereiro. Valdir Lopes relatou o caos que está o atendimento em nosso município, servindo por exemplo sua esposa que infelizmente também foi uma das vítimas deste descaso que ocorre na Unidade Básica De Saúde De Saloá.
Levando para reunião reclamações de pessoas que o procuraram para fazer esta "denuncia" sobre o atendimento no Hospital Josina Godoy, o vereador Valdir Lopes, usou o seu tempo para falar sobre este assunto, veja:
“Pessoas estão indo ao hospital de nosso município, como exemplo a minha esposa que deu entrada com um começo de AVC, e por um motivo não explicado o médico pediu que ela retornasse à casa. Mulheres gestantes sendo uma a minha cunhada também sofreram com o caos do mal atendimento.
O equipamento de ultrassom por motivos que não sabemos, não estava funcionando e se as famílias não tivessem condições para fazer uma particular poderiam ter perdido suas crianças”. Assim relatou em um trecho de seu tempo o vereador Valdir Lopes.
Outro assunto levantado na câmara foi de um funcionário público de nosso município, que teve o nome citado na câmara por ter feito ameaças a moradores da zona rural de Saloá, o vereador Valdir Lopes relatou da seguinte maneira:
“Os moradores dos sítios SANTA TEREZA, BAIXA DA TELHA, JACINTO E MACIEL nos procuraram para dizer que o funcionário popularmente chamado Tito Couro, disse a eles que os filmaram frequentando nosso comitê em período de eleição, e devido a isso a água que é colocada pela prefeitura iria ser cortada, levamos até a promotora este assunto mas só poderia ser tomado alguma providência caso algum morador que foi ameaçado pelo mesmo se pronunciasse, mas por uma questão de segurança não quiseram levar a diante este assunto. Peço a mesa que possa alertar ao funcionário público que não faça isto novamente”. Assim encerrou suas palavras.
Lembrando que qualquer assunto que for tratado envolvendo Valdir Lopes e Zé Cabelereiro na câmara dos vereadores, é descutido pelos mesmos, durante a semana para ser levantado na reunião que acontece todas as quintas-feiras. Fonte: Assessoria Zé e Valdir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidades, não ofenda e nem acuse a quaisquer cidadão. afinal o blog, o blog é de vocês.