JUPI – Vereador diz que irá fiscalizar prefeitura no caso da recomendação do MPPE sobre destinação dos resíduos sólidos


JUPI – Vereador diz que irá fiscalizar prefeitura no caso da recomendação do MPPE sobre destinação dos resíduos sólidos


POR JEFFETON MONTEIRO*

No último dia 21 de janeiro de 2019, o Ministério Público de Pernambuco – MPPE recomendou ao prefeito Marcos Patriota (DEM) do município de Jupi, no agreste do estado que cesse imediatamente as atividades de depósito de resíduos sólidos no lixão do município.

De acordo com a recomendação “O lixo deve ser enviado para o aterro sanitário da cidade de Lajedo, que possui um convênio com a prefeitura.” O MPPE recomenda ainda que no prazo de 45 dias a área do lixão seja delimitada com cercas, evitando trânsito de animais e de pessoas não autorizadas; que seja realizada a limpeza das margens da BR-423; o plantio de vegetação adequada ao redor do terreno do lixão, melhorando a paisagem; e o cadastramento dos catadores de lixo, a fim de promover a inserção dessas pessoas em programa de assistência social.

Recomenda ainda que em 120 dias, a prefeitura deve criar e implantar o Programa Municipal de Coleta Seletiva de Lixo e o Programa de Educação Ambiental, com a adoção de medidas objetivas de incentivo fiscal, elaboração de cartilha educativa e punições administrativas.

Nós estaremos acompanhando de perto o desfecho dessa recomendação, tendo em vista que muitas vezes mesmo sendo notícia de interesse geral, não é dado a devida divulgação.
·       
       Jeffeton Monterio (PSB) é vereador em seu primeiro mandato e líder da oposição no legislativo, com quem divide espaço com dois outros vereadores, tendo sido o vereador mais votado no município nas eleições de 2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidades, não ofenda e nem acuse a quaisquer cidadão. afinal o blog, o blog é de vocês.