A lição que Paranatama deu no governador Paulo Câmara


A lição que Paranatama deu no governador Paulo Câmara


Considerado por muitos o pior, mesmo assim foram poucos os municípios onde o governador, Paulo Câmara (PSB) perdeu. Estrategicamente nacionalizou a campanha em Pernambuco, colando seu nome ao do ex-presidente Lula, a quem ajudou a derrubar quando apoiou o impeachment de Dilma.

Em Paranatama, pequena cidade do agreste meridional, os investimentos do governo do estado são pequenos. Compesa não tem e a estrada de acesso à cidade é uma das piores do estado. Um completo abandono e desrespeito com a população. Estão construindo uma escola de referência que vem se arrastando a anos e pelo ritmo da obra só vão terminar na próxima campanha de 2022.
Resultado de imagem para paulo camara fraco
Mesmo tendo o apoio dos dois maiores líderes políticos até aquele momento, a citar o prefeito, Valmir do Leite (PSB) e o ex-prefeito, Zé Teixeira (PSB), Armando Monteiro (PTB) conseguiu derrotar o atual governador na terra que expulsou “Lampião” na bala.

Se olharmos para o apoio do prefeito e o ex-prefeito pedindo votos. A população de Paranatama deu uma lição no governador. Se Armando conseguiu ganhar em poucos municípios, imaginem em quantos ganhou, onde prefeito e ex-prefeito, a máquina pública do estado e do município atuaram conjuntamente.

Em 2018 a população paranatamense, fechou a BR-423 em protestos, recebeu do governo a promessa de que a entrada da cidade seria recuperada e hoje o local está pior do que já estava, uma vergonha para qualquer político aliado do governador.

Infelizmente temos um governo do estado inoperante e fraco. Sem projeto nenhum para a malha rodoviária do agreste e do estado, que padecem de cuidados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidades, não ofenda e nem acuse a quaisquer cidadão. afinal o blog, o blog é de vocês.