Prefeito de Saloá comete mesmo erro de seus antecessores e contas referentes à 2016 são rejeitadas pelo TCE-PE

Prefeito de Saloá comete mesmo erro de seus antecessores e contas referentes à 2016 são rejeitadas pelo TCE-PE

Ricardo Alves e o cantor Alcymar Monteiro

O prefeito do município de Saloá, Ricardo Alves (MDB) teve suas contas referente ao ano de 2016, rejeitadas pelo TCE-PE (Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco). O processo TCE-PE Nº 17100169-2 ocorreu na 36ª sessão ordinária da segunda câmara e foi realizada em 04 de junho de 2019 tendo como relator o conselheiro, João Carneiro Campos.

O atual gestor acabou cometendo uma série de erros que seus antecessores já tinham cometido, o que levou a reprovação de suas contas.
Foram constatados erros no planejamento e execução orçamentária, ausência de recolhimento de contribuições previdenciárias no valor de R$ 367.551,54 e que o nível de transparência apresentado a população foi insuficiente, dentre outros erros foram apontados.

Como a decisão pela reprovação ou aprovação final das contas é da câmara municipal de vereadores, o parecer deverá chegar no poder legislativo e os parlamentares deverão proceder com a aprovação ou rejeição do parecer prévio do TCE-PE.

Com a reprovação das contas referentes a 2016 começa a cair à áurea de que o gestor municipal seria intocável e o mesmo se equipara aos antigos gestores que também tiveram contas rejeitadas no passado.

Um comentário:

  1. Quais os nomes dos antecessores? E bom dá nome ou não pode? Ou por que não é lícito dá-se nome por causa de apoio político tem de ser transparente em tudo só faltou isso na matéria de e pra ser novo tem de deixar as atividades velhas de poupar nomes por enteresse

    ResponderExcluir

Comente com responsabilidades, não ofenda e nem acuse a quaisquer cidadão. afinal o blog, o blog é de vocês.