ÁGUAS BELAS – Prefeito tem contas rejeitadas pelo TCE e ex-prefeito é condenado por improbidade administrativa

ÁGUAS BELAS – Prefeito tem contas rejeitadas pelo TCE e ex-prefeito é condenado por improbidade administrativa


As notícias envolvendo o atual prefeito de Águas Belas, Luiz Aroldo (PT) e o ex-gestor, Genivaldo Menezes (PCdoB), mexeram bastante com a política local e os dois acabaram por fazerem parte dos assuntos políticos da região.

Luiz Aroldo teve as suas contas referentes aos anos de 2017 reprovadas pelo TCE/PE (Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco) e agora a decisão final para sabermos se o mesmo será candidato à reeleição em 2020 caberá a câmara de vereadores local. Caso os parlamentares resolvam acatar a recomendação do TCE, Aroldo ficará inelegível por oito anos, perdendo assim o direito de candidatar-se.

Já Genivaldo Menezes foi condenado por juiz de !ª instância por Improbidade administrativa à época que era gestor. A decisão do magistrado cabe recurso ao TJ/PE (Tribunal de Justiça de Pernambuco) e caso a decisão não seja revertida, Menezes também ficará inelegível.

Antigos aliados políticos Aroldo e Menezes, terão que gatarem um pouco das suas energias nesses episódios. A depender da situação política em Águas Belas, a situação do atual mandatário é teoricamente mais fácil de se resolver, pois precisa de 9 dos 13 votos disponíveis para mudar ter suas contas aprovadas pelos vereadores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidades, não ofenda e nem acuse a quaisquer cidadão. afinal o blog, o blog é de vocês.