Mudança na legislação eleitoral proposta pelo presidente da Câmara Federal não afetará municípios pequenos

Mudança na legislação eleitoral proposta pelo presidente da Câmara Federal não afetará municípios pequenos


Por Wellington Freitas

Ganhou o noticiário de todo o Brasil, uma tese defendida pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM/RJ), de que fosse adotado no Brasil, já para as eleições de 2020 o voto distrital e o chamado “voto em lista”
.
Acontece que a proposta defendida por Maia, caso seja aprovada (o que não será fácil) atingirá municípios com mais de 200 mil habitantes. Em Pernambuco somente Recife, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Caruaru, Petrolina, Paulista e Cabo de Santo Agostinho seriam afetados e o sistema eleitoral modificado.

O VOTO DISTRITAL consiste em recortar, dividir o município ou o estado em vários distritos, proporcional ao número de vereadores ou deputados. Ex: Pernambuco possui 49 deputados estaduais, logo, o estado seria dividido em 49 distritos levando-se em consideração a população de cada distrito, e cada candidato teria que se candidatar por algum desses distritos, levando-se em conta alguns fatores pré-determinados.

No VOTO EM LISTA, o eleitor votaria no partido, na sigla e não no candidato, apurado os votos nas legendas, os partidos indicariam seus representantes, dentro de uma lista pré-estabelecida e entregue a justiça eleitoral anteriormente.

Pelo que sê o tema é polêmico e talvez ainda não haja um amadurecimento da população e dos próprios políticos para efetivarem tal mudança. Escrito em 21/08/2019.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidades, não ofenda e nem acuse a quaisquer cidadão. afinal o blog, o blog é de vocês.